Postado em 6 de fevereiro de 2018


Chore e deixa as águas do rio voltarem e seguirem seu caminho...

Gratidão

Postado em 3 de fevereiro de 2018


Sou grata pelo presente que vocês são em minha vida, e a própria vida.
É apenas uma flor, que está lá na árvore, com todas as outras florindo o todo, e basta um toque do vento que ela cai em suas mãos. E o que falta para que em seu ser toque o vento e te faça desprender de si mesmo? Diria isso no sentido, de seus medos, inseguranças e acima de tudo de não acreditar em si. E mais, que toque é esse que sempre procuramos ? Só basta um toque, e você vai perceber que tudo está em você mesmo.
É o toque da essência que cada pessoa traz em si, e passa ao próximo com palavras, olhares e carinho, e o conhecimento que você carrega e adquire e o quanto você está disposto a mudar.

Fogo interno

Postado em 2 de fevereiro de 2018



Não precisa acender o fogo externo, tenha a certeza e sinta o fogo em seu próprio ser...

Porta do céu

Postado em 30 de janeiro de 2018


A porta do céu esta onde acho que deve estar. Ao meu sentir, ao que é real pra mim, e principalmente ao que me permito. Tenho meu próprio universo e ao deitar venero meu próprio céu em meu teto, cheio de constelações e estrelas, até mesmo a lua que brilham na escuridão, e em minha alma. Se permita a abrir a porta! 

Postado em 25 de janeiro de 2018


Acredito no que vejo, mesmo se você não ver...

Postado em 24 de janeiro de 2018


Difícil encontrar alguém, num mundo que ninguém encontra a si mesmo.

Roda gigante

Postado em 22 de janeiro de 2018


Roda gigante na escuridão, sem apoio, voando no céu. E eu estava lá girando, sem segurança, me apoiando em mim para tal segurança. Não poderia cair, me segurei nas barras. E assim segui o que me disseram que seria melhor, pois já tinham passado por isso. E percorri toda a roda, após estar embaixo e em cima. E num instante já não estava nessa roda da vida, que confunde, que atormenta, apavora, nos faz perdermos de nós, mas que nos traz lições grandiosas. Sai e segui minha própria base e não estava sozinha, e seguirei meu próprio caminho, sem medo ao desconhecido.