Gotas

Postado em 30 de julho de 2012




Uma lágrima escorreu em meu rosto, bem que podia ser, mas foi apenas uma gota de chuva que se instalou em meus olhos e escorreu na minha pele.
Caminhando com a chuva na escuridão da noite, o tempo passa e o que acaba de passar já virá passado, num piscar de olhos. E se eu chorasse, não imagina o quanto queria chorar, me aliviaria, mas apesar de tudo, não consigo tirar o que me machuca, apenas guardo para mim e assim lágrimas da alma são tocadas em sentimentos profundos e sombrios.
E como rosas que são belas e suportam seus espinhos, e que pode ferir alguém, mas também trazer a beleza em dias de tristeza e reconfortar o que foi perdido. E com gotas de chuva não me importo, apenas quero me sentir segura, em meus sonhos e no que a vida oferecer. E por que trocaríamos tudo, por um nada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário