E foi

Postado em 24 de dezembro de 2012
















Foi como sair da tempestade e conseguir abrigo... Em mim mesma.
Foi como conseguir respirar novamente ao meio da natureza e o vento, não foi assim tão fácil, mas estava realizada e ao mesmo tempo perturbada, meu coração não estava doendo tanto quanto antes, e mesmo assim estava doendo um pouco.
E tudo bem que as coisas são o que são, e não o que queremos, mas isso não é sempre, pois quando realmente é para acontecer, acontece e é mais perfeito do que sua imaginação.
Depois de tudo... Essa frase me dói e me faz recordar de tudo que se passou.
E quando me deparei com a beleza em minha volta, tirei meu sapato e caminhei na grama e fui andando sozinha e deixando tudo pra trás e senti as pedras, a grama, o ar puro e vi o rio cheio de aves voando acima da água e bem no alto no céu.
Cheguei à ponta de uma ilha cheia de árvores, fiquei lá observando a água mansa, o céu e a terra, como se não pudesse acabar fiquei lá e foi um momento só meu, olhei em toda parte e deixei o que me perturbava nesse lugar e fui seguindo caminho.
E voltando caminho e apreciando tudo, é tão perfeito estar com a natureza, havia uma ponte e depois um campo enorme com enormes árvores no canto do rio e em outra parte cheio de primaveras de diversas cores e fui vendo até pássaros e me deixei levar... E fui indo até o fim, e quando aparecia algum pássaro ia atrás deles e fui rodeando o lugar com alegria de estar ali e estava feliz, finalmente estava tranquila.
E me deitei na grama sem me importar e olhei o céu e apreciei o lugar de um ângulo diferente, tudo estava mais vivo, as cores estavam intensas e isso trazia muita alegria, fechei meus olhos e quase dormi, já estava no paraíso e meus pensamentos também, e até pensei "Finalmente pude viver meus dois mundos com equilíbrio, estavam iguais" e quando percebi que o tempo havia passado abri os olhos e pensei "Nossa aqui esta tão perfeito” e fiquei lá por mais um tempo, até que tive que ir embora, mas quando estava indo, olhei pra trás e agradeci o lugar e olhei de novo e percebi o quanto foi perfeito estar comigo mesma por instantes únicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário