Noites sem luar

Postado em 18 de dezembro de 2012
















Noites em que nada importa ou que tudo é importante?
Se nosso mundo é de nada, porque tudo fica mais importante lá fora?. É para que saibamos que do outro lado é a melhor escolha ou para fugirmos dela, porque sinceramente não me sinto confiável para seguir esse caminho.
E são nessas noites que ando e me sinto flutuando e em outros momentos me sinto completamente no chão, como se nada me importasse e que ninguém se importasse comigo.
Mas só queria que tudo acabasse, porém as coisas não acabam quando queremos, mesmo que tudo esteja bem, não é como gostaria que estivesse, deve ser por ter medo e isso me consome, mas até que o medo tem um lado bom de sentir, que até nos apegamos e nos jogamos nesse grande e terrível sentimento.
E quantos finais teremos? O que foi será que vai passar e no fim sabemos que sim, só que não é tão fácil apagar o que aconteceu, não é bem assim que as coisas funcionam.
E será que teremos começos? Que nos motivaram por toda vida, será que poderemos seguir esse caminho sem ninguém nos prender em outro lugar e em momentos.

E no final dessa história não somos nada, mas também somos tudo, só não somos o que não escolhemos ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário