Tudo se vai, mas deixa saudade

Postado em 30 de setembro de 2013

''Luto - Ele era meu segundo avô (talvez até o primeiro que tive de verdade), Senhor Antônio grande homem, que era meu vizinho e amigo... Nunca vou esquecer-me de suas histórias, do seu olho azul e do seu caráter, estou muito triste agora, não consigo parar de chorar, mas sei que você esta em um lugar melhor, porque você era o melhor e vai estar sempre no meu coração. ''
Tudo que acontece inesperadamente é marcante. Assim como a morte, que leva aqueles que amamos que mesmo sendo apenas um amigo ou alguém da família, sempre dói - e quando aconteci tudo que se passou com a pessoa se retorna nas lembranças, e tudo passa devagar, todos os momentos, sentimentos que levamos no coração pela pessoa, tudo em lembranças, até o que pensávamos em fazer, ou que deveríamos ter feito, mas não podemos pensar assim porque tudo aconteci como deve acontecer, não é necessário lamentar, mas recordar de tudo que foi tão bom, feito de sentidos e de coração.
Podemos chorar - é preciso, mas também temos rezar para quem se foi e que as lembranças nunca morram, pois quando é alguém especial, nunca será esquecido, será eterno para sempre junto de nossos corações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário