Maldade humana

Postado em 19 de setembro de 2013


Sabe o que eu queria? Poder não ouvir a maldade das pessoas para eu não me aborrecer, porque dói saber o quanto são perversos com os outros, e o quanto não se importam com os outros e que só pensam em si, sem ao menos se preocupar como próximo e ainda se achar – o certo, que para a sociedade pode até ser, mas não para mim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário