Passar...

Postado em 25 de janeiro de 2014

Será que só eu penso que sei de tudo, mas também não sei de nada. Fico olhando o céu, as cores que o sol vai iluminando as nuvens... E penso na humanidade e de como podem viver de sistemas, padrões ou coisas e quando veem algo se ficção, precisam de motivação, procuram a televisão, internet ou qualquer outro entretenimento, com base em passar tempo.
   Passar a vida                                                        Passar o tédio, tristeza, alegria                                                               Passar...                                                                  Até a morte.

Talvez eu não seja certo (claro que não), mas e se tudo isso não tiver sentido nenhum? Então podemos fazer tudo, viver tudo? E depois? É certo se jogar no mundo? Ou é melhor não se manter nele? É melhor? Não ser totalmente do mundo?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário