Resenha - A Fada

Postado em 19 de abril de 2014




















Nome do livro: A Fada
Escritoa: Carolina Munhóz
Editora: Fantasy - Casa da Palavra
Uma historia surpreendente. Conforme tudo vai se esclarecendo também vai mudando. Ao completar 18 anos, Mel descobre que é uma fada e seu pai morre no mesmo instante em que sua marca de fada é gravada em sua pele. Após descobrir que além de ser uma fada também tem uma missão, fica confusa por não saber por onde começar. Sem seu pai que tanto ama, sem sua mãe  que esta no reino Fairyland par governar até que a filha descubra sua missão.

Mas seu destino é mudado quando conheci Arthur Wales, que salvou sua vida na floresta. Mas que cuidou dela e a cada dia vivenciavam momentos juntos, até que se apaixonam. Mel por fim descobri sua ligação com Arthur que é um bruxo, sua familia, sua historia, sua casa maluca e diferente e assim ela vivencia o mundo mágico de uma maneira diferente. E assim descobre sua missão e quando a realiza percebi que não pode mais viver no mundo, mas sim em seu reino e por isso tem que deixar Arthur que a promete que vai partilhar seu conhecimento de que as fadas existem. Após 20 anos ela volta pro mundo e encontra sua promessa sendo realizada. A filha de Arthur escreveu um livro sobre as fadas, a história que viveram juntos - Arthur e Mel. E assim o mundo das fadas não é esquecido. Mas o amor por Arthur ainda a pertuba, mesmo sabendo que ele construiu uma familia, uma vida. Mas sabe que já se foi e não é preciso mudar nada. E neste dia ela encontra o menino que a desenhou na praça que que admitiu ser apaixonado por ela, e novamente admite agora um homem e Mel percebe que esse é seu amor, que nunca a esqueceu e que a ama. Ambos se abraçam e se beijam então ela tem a certeza de seu amor e vão até Fairyland que espera sua Rainha e agora um Rei.

''Definitivamente, é difícil esquecer coisas assim''
''Choro por amor. Este nunca é motivo de tristeza, mas sei que é ruim chorar''
''Há várias formas de o amor se enquadrar no mundo. Choro porque tenho medo de perder o que amo. O que dá no mesmo de ter medo de amar.''
''Lágrimas significam mil palavras não ditas. Mil amores não amados. Mil vidas não vividas. Muita confusão pode brotar de uma lágrima.''
''Apenas o Outro Mundo possuía aquilo: o fator especial. O brilho eterno de um local destinado à grandeza.''
Este livro mostra a importância da mudança da vida. A principio temos medo do que temos que enfrentar, mas no fim passamos pelo que temos que fazer e sem ao menos perceber acabamos fazendo o que foi destinado para nos. O amor que sentimos e o mistério que vivemos é no fim algo que vai ficar marcado em nosso coração. E se tivermos que dizer adeus, o importante é perceber que tudo foi bom, que tudo foi. E que o novo sempre esta bem perto da gente para o melhor em nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário