Entrego a ti...

Postado em 20 de setembro de 2016



Entrego a ti vida, flores! 
E a mim tu me entregas também, sejam murchas, novas cheia de cor, caídas sejam as pétalas, quase morrendo... Pois da vida tudo é assim, nasce e morre, e assim serei eu, meu ciclo, assim como é da vida, mas sua sorte é o tempo ilimitado que tens, já a mim tu entregas o limitado. Mesmo assim te amo, para toda eternidade, pois nela você me deixará. Meu coração pulsa pra ti...

Nenhum comentário:

Postar um comentário