Pertenço a mim

Postado em 11 de outubro de 2016


Experiências vividas e ainda me sinto fora do que vivem. Pode ser que estão certos em viver como vivem, mas não consigo me encaixar, não nisso, nem em nada. É como se eu soubesse de tudo que vivem, sentem e assim percebo o quanto isso é passageiro, vazio. Não que a vida não deveria ser vivida como é por eles, porém existe algo a mais que sei que existe, ao menos sinto isso em mim e então me sinto distante ao que são e fazem, mesmo que sejam loucuras, insanidades, noites em claro, fumaças em toda parte, sorrisos, bebidas, conversas... Mas isso não faz parte de mim, mesmo sendo bom viver loucuras, mas não pertencer a isso, não consigo, não sou eu. Muitas vezes me perco em minhas verdades e no que sou, que não vivo intensamente, ou talvez viva, pois sinto tudo tão intenso que acabo notando tudo e a todos, porém esqueço de mim, em outras vezes pertenço só a mim e mais ninguém, em meus pensamentos, jeito, atos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário