Meu destino não é você

Postado em 1 de dezembro de 2017


Quero acabar com essa ânsia
De te olhar e não chamar
De querer conversar
Mas ter medo... de amar

Todos os dias fico pensando em ti
E não esperava nada disto
E em mim sinto a ti
A vontade louca do sentir

A ansiedade pulsando meu coração
Borboletas no estomago
De tanta emoção
E não esperava sentir

Toda vez seu olhar
Me deixava sem saber
O que fazer
Meu corpo tremia 
Sem ao menos controlar
Essa loucura de olhar

Foi então que sempre
Que te olhava de volta
Algo em seu olhar 
Demostrava querer dizer à mais
O que ia acontecer

Logo de cara, já senti
E sem querer
Queria te ter
E não esperava isso de você

Cruzávamos olhares
Todas as vezes
Em meios sorrisos
Que passavam ser mais
Que tudo e 
Não passava disso

Na verdade nem sei
O que irá acontecer
Mas quero te ter
Mesmo sabendo que
Meu destino não é você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário