Sombras e luz

Postado em 20 de dezembro de 2017


Na noite entre as sombras dancei a luz de velas, e a cada batida um sopro de fora percorria todo meu corpo, trazendo leveza enquanto a cada toque e movimento meu coração batia mais forte, e girando com o véu, via a ti me observando em minha imaginação, um alguém que nem conheço, mas o sentia e dancei ao poder das salamandras que se faziam na luz de velas, e as sombras do meu corpo se formando nas paredes e continuava venerando a mim mesmo e ao meu ser a capa toque do meu corpo, batida da música, sentida em meu coração.  Meus cabelos transpassam os movimentos e a mim, e ao meu próprio corpo me senti abraçada. Ao poder do fogo que me rodeava... E um pensamento “É assim que você deve estar, nessa sintonia, estar bem para dançar para si mesma e se bastar e amar-se”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário