Roda gigante

Postado em 22 de janeiro de 2018


Roda gigante na escuridão, sem apoio, voando no céu. E eu estava lá girando, sem segurança, me apoiando em mim para tal segurança. Não poderia cair, me segurei nas barras. E assim segui o que me disseram que seria melhor, pois já tinham passado por isso. E percorri toda a roda, após estar embaixo e em cima. E num instante já não estava nessa roda da vida, que confunde, que atormenta, apavora, nos faz perdermos de nós, mas que nos traz lições grandiosas. Sai e segui minha própria base e não estava sozinha, e seguirei meu próprio caminho, sem medo ao desconhecido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário